Meu Menu Urbano

Sua melhor refeição. Em qualquer lugar do mundo.

Perro Libre Tap Room

Perro Libre Tap Room: cerveja sem coleira em Porto Alegre

Minhas definições de tap room foram atualizadas depois dessa visita. Comecei assim minha relação com o Perro Libre Tap Room, o primeiro espaço físico da cervejaria porto-alegrense que, desde que entrou no mercado, está entre as minhas preferidas.

Perro Libre Tap Room

Confesso que já estava acompanhando todo o processo de construção do local e, desde a inauguração, estava ansiosa para conhecê-lo em detalhes. Não me decepcionei: já visitei alguns tap rooms de cervejarias pelo mundo e o da Perro Libre é um dos mais modernos que já vi.

Perro Libre Tap Room

O espaço fica no bairro Moinhos de Vento, na praça Doutor Maurício Cardoso, e tem uma decoração com uma pegada industrial, com muito cimento queimado, madeira e metal.

Perro Libre Tap Room

Perro Libre Tap Room

O funcionamento é simples. Você passa no caixa, compra um cartão (que custa 8 reais e vai ser seu para sempre), coloca um crédito no valor que quiser gastar e depois é só se divertir escolhendo e servindo a própria cerveja. O sistema é bem moderno e foi desenvolvido pela MyTapp, uma startup de Florianópolis.

Perro Libre Tap Room

Escolhi conhecer a Perro Libre Tap Room num sábado à tarde, justamente porque queria que minha experiência fosse tranquila, para aproveitar e curtir tudo com calma. No início a gente fica meio apreensivo com o sistema, mas os funcionários são super queridos e mostram para os novatos como é fácil usar e servir as cervejas. O lugar foi inaugurado há menos de um mês, então quase ninguém chega lá sabendo como funciona. Pode ir sem medo de aprender!

Perro Libre Tap Room

As informações de cada torneira ficam expostas em um tablet, com um leitor de cartão ao lado. Para beber basta encostar o cartão no leitor e servir imediatamente. O valor e a quantidade que você está colocando no copo vão aparecendo em tempo real, então dá pra saber exatamente quanto você está gastando (e bebendo!). Fui com a Roberta e a gente carregou o cartão com 120 reais para gastar entre as duas. Se você não gastar tudo, o crédito fica para a próxima visita (a gente gastou tudo!).

O mais legal é que, como o sistema de cartão é self-service, essa é uma ótima maneira de experimentar tudo o que tiver disponível nas 10 torneiras.

Mas vamos falar das cervejas, então? A Perro Libre tem como slogan ser uma cerveja sem coleira. Isso quer dizer que eles testam tudo mesmo e não estão presos aos padrões tradicionais.

Fora as cervejas tradicionais que a gente já conhecia e bebia há mais tempo, experimentamos todas as outras opções. Uma das torneiras é sempre com uma cerveja convidada, de outra marca. Os preços variam, mas no dia da minha visita estava entre 3,90 e 6,50 reais a cada 100ml.

Eu já tenho uma preferida dos últimos tempos, que é a Sorachi Berliner, e direto da torneira ela consegue ser ainda mais saborosa e perfumada! Uma cerveja bem ácida, com uma presença forte do limão siciliano.

Perro Libre Tap Room

Outra opção incrível é a 803 Black Rye IPA, uma cerveja escura, quase uma stout, muito saborosa e com amargor médio. Essa receita foi feita em 2015, em homenagem ao Dia da Mulher, e justamente com a pegada de que não existe cerveja “para mulher”. A campanha foi bem bacana e tá aqui no link para quem quiser ver ou lembrar.

Perro Libre Tap Room

Além disso, o pessoal sempre vai ter no Tap Room cervejas da série Crowd, que são receitas experimentais e exclusivas, produzidas em apenas um lote. Então vale sempre a pena provar o que está disponível, porque vai acabar e não vai mais voltar.

Perro Libre Tap Room

Provei a Crowd Series 03, a Saison Pepino e a Crowd Series 04, a Galaxy Sour Cajá. As duas muito saborosas, bem ácidas e pouco amargas. São os dois estilos que tenho mais curtido ultimamente, então até fiz questão de repetir. A Sour Cajá ganhou um cantinho no meu coração e já deixou saudade, porque não deve estar mais lá na próxima visita.

A convidada da vez era a Purple Rain, da Suricato, uma cerveja que leva uva na composição. A cor é linda, quase um rosé, e o sabor é bem inusitado. Leve, fácil de beber, bem ácida e pouco amarga.

Perro Libre Tap Room

Ahh, tudo é servido nesse copo lindo da marca, que também está à venda por 35 reais.

Perro Libre Tap Room

Eles também oferecem uma torneira de água, para que você possa enxaguar o copo entre uma ceva e outra e se manter hidratado.

Perro Libre Tap Room

COZINHA

Enquanto a gente bebe e se diverte servindo as cervejas, pode também acompanhar o trabalho do pessoal da cozinha no preparo das comidas andinas cheias de sabor. O cardápio é enxuto e bem acessível, com preços que variam entre 10 e 30 reais.

Perro Libre Tap Room

Uma das escolhas do dia foi o sanduíche de chola (20 reais), feito com um pernil de porco desfiado e bem temperadinho.

Outra opção foi a causa limeña de salmão (12 reais), saborosa, perfeita para acompanhar uma cerveja bem ácida.

Perro Libre Tap Room

Depois de passar a tarde por lá, tirando fotos de tudo, conversando com os funcionários e conhecendo bem o espaço, fui embora justamente quando começou a ficar cheio, lá pelas 19h. Mas pode ir tranquilo, pois o local é grande e tem espaço para bastante gente. Se não conseguir um mesa, aproveite para beber uma ceva e bater um papo de pé por ali.

E quem quiser também pode buscar uma Perro para beber em casa. É só comprar o growler (25 reais), encher e levar a ceva embora.

Perro Libre Tap Room

Perro Libre Tap Room
Praça Doutor Maurício Cardoso, 71 – Moinhos de Vento
Porto Alegre/RS
Funcionamento: de terça a sexta, das 17h às 23h30. Sábado, das 12h à meia-noite. Domingo, das 11h às 13h.
Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

cerveja artesanalPerro Libreporto alegretap room

Marcia Breda • 26 de Março de 2017


Previous Post

Next Post

Deixe uma resposta

Your email address will not be published / Required fields are marked *